• Doe agora

    27 de Outubro, 2020

    Garoto foi curado graças a bênção de Pe. Donizetti

    Edson Pedro Rezende Leitão nasceu em Santa Rita do Passa Quatro (SP), no dia 29 de novembro de 1954. O parto foi muito difícil. Ele e sua mãe Luanda quase morreram. " Ele nasceu roxinho devido à falta de oxigenação e sua mãozinha direita não movimentava igual a outra", disse a mãe  que pediu a Nossa Senhora Aparecida e ao Padre Donizetti que intercedessem pelo filho.

    Seu batizado ocorreu em Tambaú no dia 20 de janeiro de 1955, celebrado pelo Bem-aventurado Donizetti. Após a celebração do batismo, a mãe Luanda levou o filho à casa do Pároco para trocá-lo. Ao terminar a troca, Edson estava com a mãozinha aberta e movimentava normalmente. A alegria foi geral e o Padre abençoou novamente toda família.

    Edson foi um menino franzino que começou a andar aos 5 anos, estimulado pelos pais: Pedro e Luanda. Através de orientação médica, os pais adquiriram velocípede, triciclo e uma égua para estimular o pequeno. A fé no Padre Donizetti e em Nossa Senhora não permitiram que o casal esmorecesse diante das dificuldades.

    O garoto desenvolveu-se física e mentalmente. Formou-se em agronomia em 1983, dedicando-se a educação de Jovens em Santa Rita do Passa Quatro. Ensinou não só técnicas de cultivo de plantas, mas também a amar e respeitar a vida na natureza. Foi um profissional dedicado e querido, onde os alunos buscavam ajuda e conselhos.

    Homem simples, sem grandes anseios financeiros, mas com muita fé em Nossa Senhora Aparecida, no Padre Donizetti e nos Anjos Protetores. Sempre se colocava à disposição para ajudar quem necessitasse. Faleceu em 14 de fevereiro de 2018, vítima de enfarto.

    Esse triciclo deixado na "Casa dos Milagres" pelas suas irmãs é para mostrar que com fé e orações tudo é possível, legado este deixado pelos seus pais.