• Doe agora

    18 de Junho, 2020

    Beato Donizetti, o "Apóstolo da Acolhida"

    O Beato Donizetti Tavares de Lima foi uma figura humana extraordinária, de muita luz e energia. Homem sério, justo, perfeccionista, humilde, severo quando preciso e bondoso sempre. Viveu seu apostolado a serviço de Deus e da Igreja, cuidando de seu rebanho não só na parte religiosa e espiritual, mas também fora da Igreja. Se preocupava com todos, principalmente crianças e idosos. Como sacerdote diocesano, viveu seu ministério para lutar pelos pobres, injustiçados, oprimidos, necessitados e doentes. Defendia os trabalhadores dos abusos e exploração dos patrões. Teve uma vida desprovida de bens materiais com voto de pobreza desde sua ordenação. Dormia no chão somente com lençol e seu travesseiro eram livros envoltos também em lençol, porque dizia ser sua penitência perante a Deus. Repartia até o prato de comida se alguém batesse em sua porta e falasse que estava com fome. Suas refeições eram muito simples, semelhante à dos idosos do Lar São Vicente de Paulo que fundou com tanto amor. E também fundou a Associação de Proteção à Maternidade, à Infância e à Família (creche e casa da criança) para cuidar dos pequeninos dando-lhes alimentação adequada, ensinamentos e principalmente carinho. Andava de batina surrada e dizia que sua única riqueza eram os livros. Culto, inteligente e educado. Foi organista e professor de música. Formou times de futebol e bandas de música para levar os jovens à Igreja. Fisicamente era alto, magro, de olhar penetrante. Personalidade forte, que transmitia muita energia com delicadeza e caridade em todos os momentos. Figura imponente, líder natural, respeitado por todos, não importava a religião que seguisse.

    O sonho em ser advogado igual ao pai, foi transformado em seguir o sacerdócio devido o chamado de Deus que foi muito mais forte, para ter uma vida semelhante à de Jesus Cristo. Perdemos um grande jurista, mas ganhamos um Santo.

    Esse homem chamado "Donizetti" que significa "presente de Deus", possui milhares e milhares de devotos no Brasil e também em muitos países de todos os continentes. Hoje são dois milhões e setecentas mil pessoas que receberam nome semelhante em forma de agradecimento por graças alcançadas; são 30 cidades com ruas e rodovias com seu nome em homenagens de Prefeituras e Câmaras Municipais; e, mais de 100 monumentos, logradouros, edifícios, escolas, empresas industriais e comerciais, que possuem seu nome em forma de agradecimento de pessoas físicas e jurídicas.

    Nossa missão é divulgar seu exemplo de vida, principalmente, a adolescentes e jovens; para que as próximas gerações continuem reverenciando sua figura de Santidade, através de suas obras, bênçãos e graças derramadas em todos nós.

                                                                

    Francisco Donizetti Sartori – Fiquinho
    Membro da Comissão Pró-Canonização do Beato Donizetti Tavares de Lima

    Por: Francisco Sartori
    Beato Donizetti Tavares de Lima